Carregando

SAIBA MAIS

SOBRE O CURSO

Formação

Formação de médicos com visão generalista, integral, humanizada e ética.

Metodologias ativas

Matriz curricular pautada em metodologias ativas de aprendizagem, integração, interdisciplinaridade, flexibilidade e contextualização.

Tecnologia de ponta

Uso de tecnologia educacional de ponta através de laboratórios de ensino, habilidades clínicas e cirúrgicas, morfofuncional e simulação com equipamentos de última geração.

Aprendizagem prática

Cenários de aprendizagem prática em campo desde o primeiro período

Estágio integrado

Estágio supervisionados que possibilitam a integração entre ensino e serviço, tendo o SUS como uma das referências desta formação.

Melhores docentes

Melhores profissionais para compor o corpo docente, com experiência na assistência e ensino de excelência.

Formação completa

Formar o médico mediante a articulação de conhecimentos, competências, habilidades e atitudes em Atenção à Saúde, Gestão em Saúde e Educação em Saúde, capaz de atuar com ações transformadoras e inovadoras

Inscrições online
Período de inscrição Resultado Matrícula dos classificados
Até 11/12/20 18/12/20 22 E 23/12/20
INSCREVA-SE JÁ

Mais informações

O Curso de Medicina do Centro Universitário UNIFACIMED pretende formar médicos com visão generalista e com formação integral, humanizada e ética, por meio de elementos que proporcionem maior eficácia na qualificação da formação profissional. Nesse sentido, o Projeto Pedagógico é embasado em metodologias ativas de aprendizagem, integração, interdisciplinaridade, flexibilidade, contextualização com a utilização de tecnologia educacional de ponta através de laboratórios de ensino, habilidades clínicas e cirúrgicas, morfofuncional e simulação com equipamentos de última geração. Além disso, as atividades práticas e estágio supervisionados em cenários de aprendizagem no Sistema Único de Saúde (SUS). Para garantir a qualidade da formação acadêmica e a preparação dos futuros médicos, o curso de medicina do UNIFACIMED dispõe dos melhores profissionais para compor o corpo docente deste curso, totalizando mais de 110 professores. Desses, 90% têm titulação de mestrado e doutorado. Além disso, possui convênios com as Secretarias de Secretária de Saúde do Estado de Pernambuco e do Município de Recife e região metropolitana, além de outros municípios da Federação. Estes convênios contemplam as Unidades de Saúde da Família, os Centros de Saúde, os Hospitais e outros cenários de aprendizagem, que possibilitaram a integração entre ensino e serviço, tendo o SUS como uma das referências desta formação.
Pautados nas Diretrizes Curriculares Nacionais de Medicina do Conselho Nacional de Educação, definidas na Resolução CNE/CES nº 3, de 20 de junho de 2014, o curso de Medicina do UNIFACIMED define como objetivo geral formar o médico mediante a articulação de conhecimentos, competências, habilidades e atitudes em Atenção à Saúde, Gestão em Saúde e Educação em Saúde, capaz de atuar com ações transformadoras e inovadoras, na promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do processo saúde-doença, pautado em princípios éticos e cidadãos, considerando as diversidades socioambientais e regionais; com gerenciamento e administração para atuação no trabalho multiprofissional; aptos a aprender continuamente, possuindo visão crítica da realidade e do contexto sociopolítico, econômico e cultural.
  1. Atenção à saúde: o médico, dentro de seu âmbito profissional, deve estar apto a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo. Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos. Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo.
  2. Tomada de decisões: o trabalho do médico deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões, visando o uso apropriado, eficácia e custo- efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, o mesmo deve possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas.
  3. Comunicação: o médico deve ser acessível e deve manter a confidencialidade das informações a ele confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não- verbal e habilidades de escrita e leitura; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação.
  4. Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, o médico deverá estar apto a assumir posições de liderança, sempre tendo em vista o bem-estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz.
  5. Administração e gerenciamento: o médico deve estar apto a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho quanto dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que deve estar apto a ser empreendedor, gestor, empregador e/ou liderança na equipe de saúde.
  6. Educação permanente: o médico deve ser capaz de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática. Desta forma, o médico deve aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, mas proporcionando condições para que haja benefício mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/profissional, a formação e a cooperação por meio de redes nacionais e internacionais.
  1. Possibilitar a compreensão da medicina como atividade humana e histórica associada a aspectos sociais, políticos, econômicos e culturais, descartando a neutralidade das ciências e das ações humanas auxiliando assim a UNIFACIMED no cumprimento de sua Missão Institucional;
  2. Promover o desenvolvimento do espírito humanitário, crítico e reflexivo e criar oportunidades para o exercício da responsabilidade individual, social e ambiental, participando de equipes interdisciplinares e multiprofissionais, buscando realizar serviços na área de saúde dentro dos mais altos padrões de qualidade e princípios éticos no contexto do SUS;
  3. Permitir a identificação das relações entre o conhecimento científico, a produção de tecnologia e as condições de vida no mundo atual e em sua evolução histórica para compreender a tecnologia como meio que supre necessidades humanas e elaborar juízos de valor sobre riscos e benefícios das práticas tecnológicas, aplicando os princípios da ética/bioética;
  4. Entender a comunicação como importante ferramenta para a Atenção em Saúde, desenvolvendo empatia, sensibilidade e compreensão no cuidado ao próximo;
  5. Compreender os princípios, diretrizes e políticas do sistema de saúde, e participar de ações de gerenciamento e administração para promover o bem estar da comunidade através da Gestão em saúde.
  6. Ministrar os conteúdos essenciais contidos na estrutura curricular por meio das atividades teóricas, práticas, complementares e estágio curricular supervisionado, de forma integrada e criativa, considerando as realidades social, cultural, sanitária e epidemiológica nacional, regional, estadual e municipal;
  7. Desenvolver as competências e habilidades gerais e específicas necessárias ao exercício profissional do médico, articuladas aos contextos sócio-político-cultural nacional, regional, estadual e municipal, preconizadas nas Diretrizes Curriculares Nacionais de Medicina, visando o alcance do perfil do egresso;
  8. Desenvolver as atividades curriculares, na busca da interdisciplinaridade, tendo como base de construção do perfil almejado a integração entre o ensino, a investigação científica/pesquisa, a extensão, o sistema de saúde local e regional e o SUS;
  9. Exercitar a sistematização da assistência em saúde, por meio de estudos de caso, abrangendo a promoção, prevenção, terapêutica, recuperação e reabilitação do cliente, da família e da comunidade, estimulando a reinserção do indivíduo recuperado à sociedade, fundamentada no marco referencial deste curso;
  10. Exercitar a investigação científica/pesquisa em medicina e a educação em saúde como atividades fundamentais na integralidade da atenção em saúde, bem como na formação do médico;
  11. Identificar a história da saúde, das políticas públicas da saúde no Brasil, dos princípios do SUS e dos desafios na organização do trabalho em saúde com qualidade;
  12. Compreender as perspectivas do usuário, das famílias e da comunidade estimulando a maior autonomia destes na tomada de decisão do seu próprio cuidado, valorizando suas crenças e opiniões;
  13. Compreender o papel do cidadão, do médico, dos demais profissionais de saúde e do gestor no controle social referente a elaboração da política de saúde brasileira;
  14. Promover a inserção dos docentes e discentes nas ações de saúde promovidas pelo sistema de saúde do município de Recife, dos circunvizinhos e de Pernambuco;
  15. Estimular a criação de metodologias de ensino-aprendizagem, seja de forma individual bem como em equipe junto à comunidade a qual está inserida, respeitando o contexto sociocultural locorregional;
  16. Estimular a equipe multidisciplinar a analisar casos e buscar informações, transformando a discussão em um momento de educação continuada;
  17. Estimular a reflexão crítica sobre a relação entre indivíduos, sociedade e meio ambiente buscando a sustentabilidade e incentivando a educação ambiental dos cidadãos e a cultura do cuidado do ambiente;
  18. Desenvolver a concepção do cuidado centrado na pessoa, entendendo o processo do adoecimento na sua forma mais ampla desde a concepção biológica, até o envolvimento psicológico, sócio econômico e cultural;
  19. Dotar o futuro formado de capacidade de comunicação oral, escrita e sinais, fomentando o interesse em aprender novos idiomas para garantia da boa comunicação no ambiente de saúde;
  20. Fornecer dados epidemiológicos, demográficos e sanitários afim de poder analisar as necessidades de saúde das pessoas e da comunidade, reconhecendo os grupos de risco e vulnerabilidade da população.

O curso de Medicina do Centro Universitário UNIFACIMED vem ao encontro do preconizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e forma médicos sensíveis às necessidades de saúde da população, à mudança do processo de trabalho em saúde, às transformações nos aspectos demográficos e epidemiológicos, bem como ao acelerado ritmo de evolução do conhecimento. Para isso, os conteúdos teóricos são correlacionados aos cenários de práticas e à orientação pedagógica com construção do conhecimento, aliando-se a fundamentação teórica à prática no contexto de ensino, a sua inserção na realidade pessoal e compartilhada e a possibilidades de investigação e pesquisa nos diversos campos da atenção à saúde.

A assistência mais humanizada e integral dos indivíduos, sem perder o foco no coletivo, são um dos pilares do Curso de Medicina do UNIFACIMED que busca a formação de profissionais generalistas e humanistas, integrando-os à equipe multidisciplinar de cuidados à saúde, com ênfase nas particularidades específicas da nossa região. Além disso, há respeito ao padrão do sistema de saúde que mesmo diante dos avanços tecnológicos na área médica, preconiza os fundamentos básicos da medicina, centrados na escuta do paciente e no contato manual, através do exame físico.

O Projeto Pedagógico do curso de graduação em Medicina do UNIFACIMED tem sua matriz curricular pautada na capacitação do aluno na Atenção Primária e Urgência e Emergência. Além disso, apresenta uma abordagem de caráter interdisciplinar, pautado no compromisso com as necessidades de saúde coletiva, visando à formação de um profissional médico, com competências e habilidades para a assistência em todos os níveis de complexidade com a prevenção e promoção da saúde.

A atualização das DCN’s de Medicina, bem como as mudanças no sistema de saúde, influenciou nas atualizações do ensino médico que deve preconizar que o usuário seja percebido como sujeito histórico, social e político, portanto, articulado ao seu contexto familiar, ao meio ambiente e à sociedade na qual se insere. Dessa forma, torna-se fundamental a atenção às questões étnicos raciais, ambientais, às doenças relacionadas ao trabalho e a temas atuais como: questões de gênero, violência e a utilização de drogas.

Deste modo, os médicos formados pelo UNIFACIMED são elementos comprometidos com a promoção, proteção, manutenção, recuperação e reabilitação da saúde, nos níveis de atenção primária, secundária e terciária.

O profissional egresso do Curso de Medicina poderá atuar em serviços públicos e provados, com maior demanda no Sistema Único de Saúde (SUS), para ocupação de vagas na área de assistência básica (postos de saúde e pronto-socorro). Além disso, o médico também poderá atuar na saúde pública, medicina do trabalho, dermatologia, cardiologia, oncologia, pediatria, ginecologia e obstetrícia, radiologia, pneumologia, geriatria, endocrinologia, ortopedia, angiologia, cirurgia plástica, infectologia, entre outras. Outras áreas de atuação são auditorias e perícias, e no campo do ensino nos Centros de Pesquisas e Instituições de Educação Superior.
O Curso de Medicina da UNIFACIMED é reconhecido pelo Ministério da Educação através da Portaria Nº 854, de 30/11/2018, publicada no DOU Nº 232, em 04 de dezembro de 2018, com total de 268 vagas anuais.
O Curso de Medicina tem a duração de 6 anos, incluindo estágio supervisionado e trabalho de conclusão de curso (TCC), obrigatórios para a conclusão do curso de medicina da UNIFACIMED.
Entre em contato conosco

Formulário de contato